Boletins Semanais

  • 30 de Abril de 2017

    JOGOS ELETRÔNICOS, AMIGO OU INIMIGO?

    Hoje, vivemos uma grande mudança na sociedade e em nossas virtudes. Uma criança não se interessa mais por uma bola, por histórias infantis ou por um ioiô, e sim por jogos eletrônicos. À medida que a tecnologia avança, crianças, adolescentes e até adultos são envolvidos pelos mais diversos tipos de jogos e aparelhos. Mas será que os aparelhos eletrônicos têm sido um amigo ou um inimigo em nossas vidas? Quando a gente pensa que está tudo bem, coisas absurdas podem acontecer...

    Boletim completo
  • 23 de Abril de 2017

    BALEIA AZUL???

    Muitos podem estar se perguntando: o que é isso? Do que se trata? E acredito que poucos sabem que esse “Baleia Azul” é um jogo mortal e criminoso. Criado por um grupo conhecido como “#F57” oriundo da Rússia, suspeito de ter induzido mais de 130 adolescentes a cometerem suicídio desde 2015, o Baleia Azul chegou recentemente ao Brasil, e já há três casos recentes de suicídio atribuídos a esse jogo, em Minas Gerais, Mato Grosso e Paraíba...

    Boletim completo
  • 16 de Abril de 2017

    TERRORISMO, JUSTIÇA E AMOR AOS NOSSOS INIMIGOS (ADAPTADO) JOHN PIPER

    “Podemos, ao mesmo tempo, orar por justiça e ainda assim amar nosso inimigo?”. A resposta é sim. Mas comecemos com nossa própria culpa. Sabemos que se Deus lidasse conosco apenas de acordo com a justiça, pereceríamos sob Sua condenação. Somos culpados de traição contra Deus em nosso orgulho e rebelião pecaminosos. Nós merecemos apenas a condenação. A justiça somente nos condenaria ao tormento eterno. Contudo, Deus não lida conosco apenas em termos de justiça. Sem comprometê-la, “justifica o ímpio” (Rm 4:5). Isso parece injusto, e seria, se não fosse o que fez na vida e morte de Jesus Cristo. Sua misericórdia o fez enviar o Filho, para suportar Sua ira e justificar os pecadores que têm fé em Jesus. A misericórdia e justiça, portanto, que se encontraram na cruz (Rm 3:25-26)!...

    Boletim completo
  • 9 de Abril de 2017

    AS ESTRATÉGIAS PARA A EFICAZ DEFESA DA FÉ CRISTÃ (Lc 19.45 a 20.47)

    Apesar de vivermos no mundo das comunicações fáceis e desimpedidas este período é marcado pela ausência de uma comunicação que transmite verdades e resolve problemas entre as pessoas. A comunicação exige tanto a habilidade de ouvir como de falar. Contudo, na prática é algo difícil e algumas vezes devastador, pois nem sempre o que falamos é aquilo que os outros entendem. Quantas amizades profundas e verdadeiras acabam devido a problemas de comunicação! Aqueles que desfrutavam de uma intimidade e estima passam a ser pessoas estranhas e evitáveis. Se é tão difícil comunicar adequadamente com pessoas que convivemos tão intimamente, quanto mais difícil é travar um diálogo com alguém que pensa de maneira diferente de nós; e às vezes tenta nos persuadir, principalmente quanto à fé. Sendo assim, devemos pensar sobre como defender nossa fé em Deus e sua Palavra diante de um mundo rebelde e ignorante destas verdades. Como ter uma mensagem que faça as pessoas se calarem e prestarem atenção à nossa argumentação cristã? ...

    Boletim completo
  • 2 de Abril de 2017

    A SOBERANIA DE DEUS E A EVANGELIZAÇÃO

    A soberania de Deus na evangelização é incontestável. É ele quem envia o Espírito Santo segundo as circunstâncias que determina; é ele quem desperta uma parte da multidão (At 2:5-12), mas não outra (At 2:13). Entretanto, isso não significa que não tenhamos responsabilidades. Deus é soberano na evangelização, mas é nossa atribuição ir ao mundo, pregar o evangelho a toda criatura e fazer discípulos de todas as nações. A ordem já foi dada uma vez, e não temos de esperar que ela seja repetida. Em caso de dúvida, basta consultar o registro na Palavra de Deus...

    Boletim completo
  • 26 de Março de 2017

    O PROBLEMA DO SOFRIMENTO

    O livro de Jó, com sua sublime poesia, conta-nos a história do profeta que é acometido pelas mais terríveis chagas e perdas familiares e materiais. Salvo por pequenos trechos narrativos em terceira pessoa, predominam no livro os diálogos entre Jó e cada um dos seus amigos. Finalmente, o próprio Senhor dialoga. O tema central dos diálogos é a respeito da causa para o sofrimento de Jó...

    Boletim completo
  • 19 de Março de 2017

    UM MODO DIFERENTE DE VENCER

    A Bíblia nos conta, em 2 Reis 6:8-23, que o exército da Síria fazia repetidas tentativas de ataques ao exército de Israel, mas sem sucesso. Os planos e estratégias de ataque eram bem planejados e com antecedência, porém, Eliseu, o profeta, recebia o recado de Deus avisando a rota que o exército inimigo faria, transmitia o recado para o rei de Israel, e assim Israel se antecipava e os vencia. Isso aconteceu várias vezes, até que o rei sírio resolveu confrontar o seu exército buscando saber quem era o soldado espião que contava suas estratégias para o rei de Israel. Seus homens lhe disseram que eram fiéis, que não havia traidor entre eles, mas que havia um profeta em Israel chamado Eliseu, que conhecia sobrenaturalmente todos os planos e as conversas que o rei tinha na sua própria cama, e então avisava ao rei de Israel. O rei sírio se prontificou imediatamente a matar Eliseu e assim se ver livre desse entrave. Enviou, então, um poderoso e bem preparado exército, com cavalos, carros e fortes tropas, que chegou de noite e cercou a cidade de Dotã...

    Boletim completo
  • 12 de Março de 2017

    POR QUE VENHO ADORAR A DEUS?

    O verbo “saber” está no modo imperativo, ou seja, é uma classe de verbo que implica numa ordem. Isto é “reconheça, admita, confesse”, que o Senhor é Deus. O início deste versículo confessa que o Senhor é DEUS. Isso significa que nada é maior do que Ele. Ele é DEUS em toda a essência do que isto significa. Ele é DEUS, divino, soberano e poderoso. Não se trata de um deus tribal, que se torna protetor de uma determinada família ou tribo; não é um falso deus. Ele é Deus, o que intervém no curso do mundo, que determinou e controla a história, ele é o “juiz de toda criação”. O salmista, logo após a introdução que ordena a celebração e o alegre serviço a Deus (v. 1-2), deixa evidente que isso deve ser feito com a certeza absoluta, de que fazemos tudo isso por compreendermos que o SENHOR É DEUS...

    Boletim completo
  • 5 de Março de 2017

    DEUS ME AMA MESMO?

    Como ter certeza do amor de Deus? É fácil sentir esse amor quando as coisas vão bem. Quando se passa no vestibular, quando se ganha uma promoção e um aumento, quando os negócios vão de vento em poupa, depois de um exame que descarta a suspeita de uma doença grave. São nessas circunstâncias que se usa a famosa frase: Deus me ama de verdade!!! Mas, e quando a situação é inversa? Quando se é reprovado no vestibular, quando se perde o emprego, quando a empresa entra em dívidas, quando o exame médico comprova a suspeita? Em situações como essas, geralmente não falamos como Jó: “bendito seja o nome do SENHOR” (Jó 1:21), mas perguntamos: porque Deus está fazendo isso comigo?...

    Boletim completo
  • 26 de Fevereiro de 2017

    NAVIGIUM ISIDIS - ORIGEM DO CARNAVAL

    A expressão latim Navigium Isidis significa: “Navegação de Isis”, nome dado a uma festividade romana, anual, dedicada a Isis. Ela era uma deusa egípcia. Apesar de ser uma entidade egípcia, tornou-se popular entre os gregos e chegou a Roma, no período helenístico, com seu culto e festividade os quais integravam religiões de mistério. As festas incluíam uso de máscaras para ocultar a identidade dos participantes, orgia pública em nome do amor, bebedices, mutilação de genitais, simbologias pagãs e, dentre outras práticas, uso de grandes carros, em forma de navios, que tomavam as ruas da cidade anunciando a chegada de Osíris, esposo de Isis na Mitologia Egípcia (BAILE, 2006, p. 13-22 e 39; GONZÁLES, 2007, p. 27). Tal festividade, religiosamente sincrética e tolerante, não sofreu em Roma as mesmas perseguições que teve o Cristianismo primitivo, porque este não era sincrético e adorava a um só Deus...

    Boletim completo

Vídeo em Destaque

;